>

11 março 2017

O inverno está chegando...


A mais ou menos uns dois anos atrás, minha irmã me apresentou a Game of Thrones (obrigada!) E eu me apaixonei logo na primeira temporada, tanto pela história, quanto pelos personagens (você será sempre lembrado sol-e-estrelas) 

Maratonei cinco temporadas em apenas três semanas, visto que eu estava em aula e tinha provas e trabalhos para fazer – mas sim, eu consegui me virar!

Um tempo depois, eu ainda peguei emprestado o primeiro livro com a minha irmã, demorei um tempo para ler, mas quando virei a última página, os meus olhos se encheram de lágrimas e eu percebi que precisava de mais. Precisava dos meus.

O tempo passou mais um pouco e então, no comecinho de janeiro, os livros estavam em promoção no Submarino <3 
Tive que convencer minha mãe a me presentear. Agora eu estou finalizando o segundo e com mais três me aguardando na estante.

Mas, me desculpe, esse post não é para falar sobre o meu amor pelas Crônicas de Gelo e Fogo (talvez um pouco rsrs) e sim, para falar sobre o primeiro livro, A Guerra dos Tronos!

“A guerra dos tronos é a mais importante obra de fantasia desde que Bilbo encontrou o anel. ” - SF REVIEWS

A Guerra dos Tronos, é o primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo, e tudo o que acontece nele, é essencial para o desenrolar da história. É basicamente um introdutório para todos os outros livros, por isso, não se assuste com o tamanho, porque dentre todos, ele é o mais fininho! (talvez eu tenha me assustado um pouquinho). 


Na terra criada por George R.R. Martin, o verão pode durar décadas e o inverno pode ser ainda mais longo. No primeiro volume, um verão de anos está indo embora, o frio está voltando e os problemas apenas começando.

“Quando se joga o jogo dos tronos, você ganha ou você morre, não existe meio termo. ”

As coisas começam a dar errado, quando pequenas, mas grandes tragédias começam a acontecer em volta das casas Arryn, Baratheon, Stark e Lannister, a partir daí as coisas só pioram. Você já deve ter ouvido que a saga te faz sofrer muito e isso, não é mentira, cada lágrima é verdadeira.

Se você acompanha a série, deve estar familiarizado com os eventos das duas primeiras temporadas, já adianto que, elas estão realmente fiéis aos livros (tirando quem sabe o casamento de Daenerys)

O livro, nos faz passar pelas cabeças de alguns dos maiores personagens da saga, com cada capítulo sendo narrado por alguém, sejam eles da mesma casa ou não, estejam eles no Norte ou no Sul - ou em Essos. 
Achei isso, um fato importante de ser ressaltado, pois nos faz ingressar mais profundamente na alma daquele personagem, você sabe o que ele sente e você sabe o que ele pensa, e isso, é essencial. 


As casas.

Em A Guerra dos Tronos, somos apresentados, as quatro principais casas de Westeros, são elas: Baratheon, Stark, Lannister e Targaryen.

E no apêndice do livro, podemos descobrir um pouco mais, tanto sobre elas quanto das outras casas, o que eu achei bem legal, porque assim conseguimos viajar durante toda a história que existe por trás delas.

De longe, as minhas casas preferidas são a Stark e a Targaryen, na verdade, acho que elas são as queridas de todos (rsrs)

Eu queria fazer um imenso post sobre As Crônicas de Gelo e Fogo, mas, isso é praticamente impossível para uma pessoa que adora dar spoilers, e, eu também estava planejando terminar de ler todos os livros e só então fazer a resenha, mas achei interessante a proposta de resenhar um por um, de acordo com o tempo.

Os meus livros, são da Editora LeYa, as páginas são brancas (todos os que vi possuem páginas brancas) e o tamanho é médio, as capas possuem paisagens bonitas, que combinam com o cenário dos livros, a diagramação está boa, com exceção da letra pequena, o que pode tornar a leitura um pouco cansativa. Mas, fora isso, não tive nenhum problema com páginas grudadas. São os mesmos do link, na primeira imagem do post. São bons livros, e que não custaram tão caro. 

Mas, querendo fazer jus ao título da postagem. Vou falar um pouco mais sobre a minha casa, Stark!

STARK DE WINTERFELL

A Casa Stark, reside em Winterfell, no Norte. Ela é, uma das mais antigas casas de Westeros, e a milhares de anos no passado, possuiu seus próprios reis, os Reis do Norte, até que um dia, um rei, chamado Torrhen Stark (sim, é um nome estranho) se ajoelhou perante Aegon Targaryen, O Conquistador, jurando fidelidade, em vez de lutar contra ele. Torrhen, ficou conhecido como, O Rei que Ajoelhou. 

Desde então, o Norte deixou de possuir reis, tendo então “Protetores” como Eddard Stark, Senhor de Winterfell, estes, ainda servem ao rei, que reside em Porto Real, no Sul.

O estandarte da Casa Stark, é um lobo gigante cinzento em um campo de gelo, e o lema deles é “O inverno está chegando. “

Nenhum comentário:

Postar um comentário